A medicina dentária que muda vidas pode ser uma medicina dentária que salva vidas

A medicina dentária que muda vidas pode ser uma medicina dentária que salva vidas

A Ekaterina Miheeva contactou-me da Austrália, após cerca de 3 anos de luta contra uma série de sintomas físicos e psicológicos que não só não desapareciam, como mais de 10 médicos, 15 naturopatas e múltiplos exames, incluindo uma TAC ao cérebro, endoscopias e colonoscopias, simplesmente não conseguiam resolver.

Três meses após um tratamento de canal radicular e a colocação de implantes de titânio, a Ekaterina começou a sentir sensibilidade à luz e ao som, seguido de problemas gastrointestinais que incluíam movimentos intestinais limitados e até reacções negativas a uma dieta à base de plantas. Dores de cabeça horríveis, visão turva, capacidade de concentração nula, nevoeiro cerebral, perda de memória, dores nas articulações e fadiga crónica deixaram-na acamada. A depressão fez o resto. Nenhum dos médicos que a paciente consultou estabeleceu a relação entre os sintomas físicos e psicológicos e a sua saúde oral.

A abordagem de medicina dentária biológica que utilizamos na White Clinic significa que analisamos profundamente não só o estado de saúde oral dos nossos pacientes, mas também a sua saúde geral. Com tecnologia e diagnósticos avançados e protocolos de medicina dentária imune, apoiados pela medicina integrativa e regenerativa, a nossa missão é ligar os pontos. E foi exactamente isso que fizemos com o caso da Ekaterina.

Apesar de uma cirurgia complexa, começou a sentir-se melhor apenas 24 horas após a cirurgia na White Clinic. Dois meses após a cirurgia, todos os seus principais sintomas tinham desaparecido. E quando um doente diz “sinto-me como se estivesse de volta ao meu próprio corpo”, isso diz tudo.

Uma história poderosa de recuperação para a qual me sinto orgulhoso de poder ter contribuído. É disto que estou a falar quando falo de medicina dentária que muda vidas.

Related Posts

Dentes saudáveis = Olhos saudáveis

A ligação entre uma saúde oral deficiente e doenças oculares, em particular o glaucoma, é uma área de interesse emergente na investigação médica. E apenas mais uma prova científica de que todos os órgãos do nosso corpo estão ligados à nossa boca, desde o cérebro e os olhos até ao intestino e o coração.

Read More

Dentes saudáveis = Sistema reprodutor saudável

Lidar com problemas de fertilidade pode ser um processo emocional para muitos casais. Uma investigação da Johns Hopkins de 2022 revela que “embora as taxas de infertilidade nos EUA tenham estabilizado, o problema persiste para muitos indivíduos”. E todos nós conhecemos alguém que tem ou está a lidar com problemas reprodutivos. Mas sabia que a saúde oral também pode afectar a fertilidade?

Read More

Dentes saudáveis = Pele saudável

Quando se trata de saúde, nem todas as pessoas são iguais e algumas são mais sensíveis do que outras. Quem lida diariamente com problemas de pele sabe-o muito bem. O que talvez não saibam é que existe uma forte ligação entre a gestão da saúde oral e a gestão de uma variedade de doenças da pele.

Read More
Scroll to Top