Dentista português integra a lista das pessoas mais influentes da medicina dentária

Dentista português integra a lista das pessoas mais influentes da medicina dentária

A revista incisal edge distinguiu as "32 pessoas mais influentes da medicina dentária" e há um português na lista

Com trabalho, esforço e mérito, 32 pessoas de todo o mundo figuram agora na lista dos mais influentes da medicina dentária. Encontram-se CEO, empreendedores, diretores-executivos, médicos e tantos outros nomes do setor de todo o mundo.

E no grupo de pessoas distinguidas, onde apenas estão três europeus, encontra-se umportuguês que foi também considerado uma das “32 pessoas mais influentes da medicina dentária” pela revista Incisal Edge.

Trata-se de Miguel Stanley, fundador e diretor clínico da White Clinic, um centro odontológico em Lisboa, e cofundador da Slow Dentistry Global Network, uma organização suíça sem fins lucrativos. O currículo do médico dentista português é extenso, sendo que ainda é o vice-presidente da Digital Dentistry Society, professor adjunto da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade da Pensilvânia e palestrante internacional.

Miguel Stanley

Miguel Stanley

Aclamado como o “dentista humanitário” pela revista, Miguel Stanley é, além de um profissional de mão cheia, “um humanitário incansável e um defensor da ajuda aos mais necessitados”.

Assim que se instalou a guerra na Ucrânia, em fevereiro deste ano, o médico português encheu, em conjunto com o seu sogro de nacionalidade ucraniana, uma carrinha com medicamentos e bens de primeira necessidade. Conduziu mais de 3 mil quilómetros, de Portugal à Polónia, para apoiar os miltares e os refugiados ucranianos.

Quando regressou a Portugal, o médico dentista português dedicou-se à investigação, de acordo com a mesma revista, da “terapia com células-tronco ou stem cells combinada com terapia de luz e laser e várias outras tecnologias interessantes de biohacking”. Neste momento, Miguel Stanley está a desenvolver com a equipa, de acordo com o próprio, “novas formas de aplicar a medicina dentária biológica ou integrativa para cuidados extraordinários na medicina regenerativa e cicatrização acelerada para ajudar pacientes com doenças autoimunes e doenças inflamatórias”.

Agora, com a distinção da revista Incisal Edge, Miguel Stanley vê o seu trabalho e esforços reconhecidos.

Em declarações exclusivas à RFM, o médido português afirmou que “estar nesta lista representa muita coisa boa para mim e para a minha equipa, pois represento todos aqueles que trabalham comigo”.

Para Miguel Stanley, “é um enorme orgulho ser reconhecido nos EUA e, ainda por cima, nesta lista de apenas 32 líderes, onde não estão apenas dentistas, mas as mais figuras influentes da indústria inteira”. Nesta lista, a “grande maioria são CEO de empresas enormes, muitos deles cotadas na bolsa, portanto, é incrível que um médico dentista português, que apenas se destaca pelo trabalho e mensagem, esteja representado no meio destes líderes todos”.

Este reconhecimento é, para Miguel Stanley, o “culminar de duas décadas de foco, ética profissional e trabalho em equipa ao mais alto nível”.

Muitos olhos estão agora postos no médico dentista português que já deu “palestras em mais de 50 países sempre a representar a bandeira portuguesa, com muito pouco reconhecimento nacional”. Agora e, mais do que nunca, é importante reconhecer os nossos e os feitos que já conquistaram em nome do país!

Read original article here: https://rfm.sapo.pt/content/14109/dentista-portugues-integra-a-lista-das-pessoas-mais-influentes-da-medicina-dentaria

Related Posts

“Digital does not improve mistakes, it highlights them.”

In an interview with Maxillaris, the vice-president of the Digital Dentistry Society – and member of several international scientific and academic institutions – predicts that in the future “it will be the patient who will be making more conscious decisions, assisted by artificial intelligence”.

Read More

Organic dentistry

In the last decade, we’ve seen the food industry change the way it markets what we consume. Nowadays there is much more concern about how our food is produced, packaged and distributed, and the whole organic food industry, free of GMOs (genetically modified organisms) and pesticides has really impacted this process.

Read More
Scroll to Top